xgrow up

Quais são as causas da disfunção erétil?

xgrow up

Como a excitação sexual masculina é um processo bastante complexo, às vezes pode ser difícil identificar uma causa específica. A excitação começa no cérebro, mas também envolve nervos, músculos e vasos sanguíneos e pode ser afetada por hormônios e emoções. Se ocorrer algum problema com qualquer uma dessas coisas, a disfunção erétil pode ser a consequência.

Em geral, as causas da impotência masculina podem ser divididas em duas categorias: física e psicológica. Embora cada uma dessas categorias tenha seus próprios fatores contribuintes, muitos casos de disfunção erétil envolvem causas de ambos. Aqui está uma visão geral de cada categoria:

Causas Físicas da Disfunção Erétil – As causas físicas mais comuns estão relacionadas à circulação e à pressão sanguínea. Doença cardíaca, aterosclerose, hipercolesterolemia e pressão alta podem afetar a quantidade de sangue circulando no pênis. Diabetes contribui para a disfunção erétil, danificando seus nervos e vasos sanguíneos.

Obesidade e síndrome metabólica podem levar a alterações na pressão arterial, composição corporal e colesterol, o que pode levar à impotência sexual. Doença de Parkinson, esclerose múltipla, doença de Peyronie, distúrbios do sono, alcoolismo e abuso de drogas também podem contribuir para o problema da ereção. Tomar certos medicamentos também pode aumentar o risco.

Causas psicológicas da disfunção erétil – Entre 10% e 20% dos casos de disfunção erétil têm uma causa psicológica. Como a excitação começa no cérebro, os problemas psicológicos podem ser um fator significativo que contribui para a disfunção erétil. Recupere a força sexual com xgrow up. Problemas de saúde mental, como depressão ou ansiedade, podem afetar negativamente sua libido, tornando sua excitação mais difícil.

O estresse também pode ser um fator importante, pois pode interferir no envio de sinais através do cérebro para permitir a circulação de sangue extra no pênis. Em muitos casos, os problemas psicológicos tornam-se uma ansiedade de desempenho que pode evitar ter ou manter uma ereção durante a relação sexual.